domingo, 26 de outubro de 2008

Tristeza

Um dia, minha cidade do coração já foi vermelha.
Há muito tempo atrás.
Me pergunto o que restou daquele tempo.
Até os bares da república já estão vazios...
É bom estar longe.
Definitivamente, não queria estar em Porto Alegre
hoje.

2 comentários:

Nat. disse...

Sorte tua não estar em Porto Alegre, professora.

Triste mesmo, o maior medo é que Tom esteja certo: "tristeza não tem fim, felicidade sim". Será?

Lindo Blog. =)

Lia Schulz disse...

Querida, acredito que a felicidade sempre volta e é reconstruída... de alguma forma. vamos ver o que o futuro nos reserva.
Também adorei teu blog. Acho que a gente tem bastante em comum, além dos esquerdismos, como Los Hermanos, Marcelo Camelo e Fernanda Takai.
Parabéns pelos lindos escritos também. Bjs